A solução de ensino adaptativo Aprimora, desenvolvida pela Divisão de Tecnologia Educacional, conquistou o primeiro lugar da categoria “Desenvolvedores de apps e conteúdos”

“O que os empreendedores têm em comum não é determinado tipo de personalidade, mas um compromisso com a prática sistemática da inovação.” Peter Drucker, escritor, professor e consultor austríaco, considerado o pai da administração moderna (1909-2005)

A busca por inovação é fundamental não só para a sobrevivência, como também para o sucesso das empresas em todas as suas frentes de atuação. Para incentivar o compromisso com a prática da inovação, a Momento Editoral lançou em 2012 o Prêmio Anuário Tele.Síntese de Inovação, que premia produtos e serviços inovadores para comunicações e internet disponíveis no mercado brasileiro.

Na 3ª edição do prêmio, um júri de especialistas formado por membros da Academia, do Governo, da Sociedade Civil e da Momento Editorial, avaliou 145 projetos. Na categoria “Desenvolvedores de apps e conteúdos”, a Positivo Informática foi a vencedora com a solução Aprimora. Desenvolvido pela Divisão de Tecnologia Educacional, o Aprimora é uma plataforma de ensino adaptativo e individualizado que inova ao romper o modelo de ensino que parte do princípio de que todos os alunos aprendem da mesma maneira e no mesmo ritmo. Além de conteúdos e avaliações de Português e Matemática, a plataforma Aprimora identifica as habilidades e dificuldades de cada estudante e traça caminhos personalizados de aprendizagem.

“Receber um prêmio é sempre motivo de muito orgulho, mas, sem dúvida, um prêmio de inovação em tecnologia – ainda mais quando oferecido por um júri altamente qualificado – é uma consagração ainda maior. Principalmente no ano em que a Positivo Informática completa 25 anos como a maior fabricante brasileira de computadores e nossa divisão de Tecnologia Educacional faz 20 anos, o prêmio Tele.Síntese é um reconhecimento à nossa experiência em educação e nosso conhecimento da realidade brasileira”, disse Elaine Guetter, vice-presidente da Divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática.

Ao escolher essa plataforma como a melhor da categoria, o júri considerou, entre outros critérios, sua diferenciação em relação às práticas tradicionais em seu segmento, melhoria real em torno do que já existe no mercado e seu impacto no seu ramo de atividade.

Elaine Guetter, vice-presidente da Divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática.