fbpx

5 itens da BNCC para o currículo de Matemática da sua escola

por | 09 / ago / 18 | Pense Matemática

Nossa equipe de especialistas selecionou 5 itens da BNCC para incluir, asap, ao currículo de Matemática da sua instituição. Agora é hora de atualizar conteúdos e recursos, ficar atento às novas necessidades da Base Nacional Comum Curricular e se adequar o quanto antes. Veja tudo a seguir!

Todos que trabalham com Educação sabem, mas não custa lembrar, que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que tem objetivo de nortear o que é ensinado nas escolas do Brasil inteiro, englobando a Educação Básica, que vai da Educação Infantil até o final do Ensino Médio. Nesta atualização, a base enfatiza o desenvolvimento de competências no aluno. A partir disso, entendemos que a escola hoje deve pensar com muito cuidado em seu currículo, a fim de atender às novas demandas previstas no documento para todas as disciplinas e áreas, ajustando sua forma de ensinar.

Em Matemática, por exemplo, a BNCC previu mudanças específicas na disciplina, e propõe cinco unidades temáticas, correlacionadas, que orientam a formulação de habilidades a serem desenvolvidas ao longo do Ensino Fundamental. São elas: números, álgebra, geometria, grandezas e medidas e probabilidade e estatística.

Dentro desses temas, nossa equipe de Matemática separou cinco itens para escolas de todo país ficarem atentas.

5 itens da BNCC para adicionar ao currículo de Matemática da sua escola (o quanto antes)!

  • Uso de Fluxogramas e gráficos

A partir de diferentes tipos de representação de informações, como fluxogramas e gráficos, os alunos identificam as relações entre os objetos representados (por exemplo, posição de cidades considerando as estradas que as unem, hierarquia dos funcionários de uma empresa etc.).

O uso de fluxogramas pode, inclusive, incentivar o aprendizado de programação, coding e de robótica. E, claro, é o tipo de conteúdo que vai acompanhar o aluno na universidade e mercado de trabalho, então quanto antes tiver contato, melhor!

  • Educação Financeira

A Base Nacional Comum Curricular incluiu a Educação financeira entre os temas transversais que deverão constar nos currículos de todo o Brasil. É o que institui o texto introdutório do documento, homologado pelo Ministério da Educação (MEC) em dezembro de 2017.

A Educação Financeira é uma área que aplica conhecimentos matemáticos à análise de questões ligadas a dinheiro. Temas como cálculo, resolução e elaboração de problemas que envolvem porcentagens e representação fracionária são sugeridos pela BNCC para contextualizar conceitos de educação financeira.

Consideramos a adição deste tema um avanço que permite que o aluno aprenda a lidar com o dinheiro desde cedo, algo fundamental para a formação de qualquer cidadão.

  • Softwares de geometria dinâmica

Programas de Geometria Dinâmica são ambientes virtuais voltados para o Ensino e Aprendizagem de Geometria de uma forma dinâmica, não estática (como, por exemplo, o quadro da sala de aula). Alguns conteúdos de Matemática a serem estudados a partir desses softwares:

  • Construções geométricas: ângulos de 90°, 60°, 45° e 30° e polígonos regulares.
  • Transformações geométricas: simetrias de translação, reflexão e rotação.
  • Área de figuras planas.
  • Área do círculo e comprimento de sua circunferência.

Ah, um dos softwares mais conhecidos e usados é o Geogebra. 🙂

  • Uso de tecnologias

Para despertar o interesse e a motivação do aluno de hoje a aprender Matemática, uma alternativa é utilizar as tecnologias existentes como apoio no processo de ensino aprendizagem, tornando as aulas mais interessantes, criativas e dinâmicas.

#Dica É possível utilizar processos e ferramentas matemáticas no cotidiano, inclusive tecnológicas digitais, para resolver problemas rotineiros, dentro e fora da sala de aula.

  • Habilidades do Século XXI

Colaboração, autonomia, protagonismo, habilidades da educação 4.0, sentido prático, ético e propositivo, raciocínio lógico e espírito de investigação (para produzir argumentos convincentes); são alguns exemplos de competências que se esperam desenvolver a partir da BNCC. Outra competência importantíssima, principalmente em Matemática, é a resolução de problemas, com ênfase na investigação e no desenvolvimento de projetos e modelagens.

A Matemática e o BNCC: pontos de atenção

Quando a gente traz tudo isso para a realidade da sala de aula de Matemática, fica claro que hoje o aprendizado vai além do conteúdo do livro, plataforma educacional ou atividade.

Deve-se reconhecer a Matemática como associada a diferentes culturas e ciências para solucionar questões de caráter tecnológico e produtivo. Falamos aqui de interdisciplinaridade, novas formas de ensinar e novas competências para prestarmos muita atenção.

Na área de Matemática, a BNCC inventiva que os alunos entendam e tragam os problemas para a vida real com criatividade, pensamento crítico e colaboração. A responsabilidade do professor aqui não é apenas ensinar a calcular, mas sim mostrar aos alunos o que está por trás das operações e que existem relações entre essas operações.

Além da resposta correta, as crianças e jovens devem resolver problemas e aprender a justificar, explicar como e porque chegaram naquela resposta, mostrando o seu raciocínio para os demais colegas e professores.

É resolver situações práticas e não apenas questões técnicas e fórmulas. 😉

#Dica O que vale destacar, é que a BNCC determina conteúdos essenciais, mas não define a forma e nem o método, isso quem define e proporcionará aos alunos é a própria escola.

Há mudanças e novas expectativas em relação à Educação de crianças e jovens. O que deve ficar claro é que o objetivo da base é que os alunos empreguem todos esses conhecimentos e valores em sua vivência escolar e social, tornando-os mais preparados para os desafios da vida pessoal e profissional. Viu só a importância de reavaliar o currículo de Matemática na sua instituição?

Fontes:

BNCC de Bolso – Como colocar em prática as principais mudanças da Educação Infantil ao Ensino Fundamental
Luís Carlos de Menezes – Editora do Brasil

Portal Movimento pela Base

Nova Escola

por | 09 / ago / 18 | Pense Matemática

O Pense Matemática pode contribuir a trazer resultados através de práticas inovadoras previstas na BNCC. Complemente ou potencialize as práticas atuais da sua Instituição.