fbpx

STEAM: uma metodologia que você precisa conhecer!

por | 16 / fev / 18 | Inovação e Tendências

Hoje viemos apresentar a você o termo STEAM, uma metodologia que reúne conhecimentos de Artes, Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

Qual o significado de STEAM?

Como falamos, STEAM é um acrônimo em inglês para as disciplinas Science, Technology, Engineering, Arts e Mathematics.

É considerada uma metodologia integrada e baseada em projetos, que tem o objetivo de formar pessoas com diversos conhecimentos, desenvolver valores juntamente com os conteúdos abordados e preparar alunos e cidadãos para os desafios do futuro.

Percebeu que STEAM se assemelha com a sigla STEM, certo? STEM já foi tema aqui do blog (inclusive temos um e-book completo! – se você não baixou clique aqui), mas hoje trataremos dessa metodologia que integra Artes às quatro áreas de ‘’Ciências Exatas’’.

Sabe-se que a educação artística melhora o desempenho acadêmicoajuda nossos alunos a interpretarem melhor o mundo, e é isso que a metodologia STEAM veio nos provar.

Nesse sentido, devemos entender Artes como disciplina que traz à tona temas como humanidades, linguagem, cultura, arquitetura, literatura, música, dança, cinema, teatro, escultura, design, pintura, animação e fotografia.

Como STEAM se diferencia de STEM na prática?

De maneira bem resumida, podemos dizer que STEM trata de como você faz as coisas, já o STEAM incentiva a descoberta de porquê está fazendo essas coisas.

O processo de STEAM tem cinco etapas básicas, que relatamos a seguir:

1 – Investigar

2 – Descobrir

3 – Conectar

4 –  Criar

5 – Refletir

Com o STEAM, alunos experimentam e vivenciam o pensamento científico de maneira interpretativa e reflexiva, seja por meio de brincadeiras na Educação Infantil ou em projetos interdisciplinares para turmas mais avançadas.

Em atividades focadas na metodologia STEAM, alunos resolvem problemas, pensam ‘’fora da caixa’’ e se beneficiam de um aprendizado interdisciplinar.

Já o professor atua como um guia no processo de aprendizagem. Ele é responsável por oferecer mentoria e apoio às equipes (viu que aqui o trabalho é feito de forma colaborativa!) e também aprende com esse novo método de trabalho integrado.

Porque essa metodologia importa tanto nos dias de hoje?

A metodologia STEAM tem foco no desenvolvimento de algumas habilidades essenciais para o aluno do século XXI, tais como:

  • Criatividade, imaginação e inovação.
  • Pensamento crítico e resolução de problemas.
  • Comunicação e colaboração.
  • Flexibilidade e adaptabilidade.
  • Habilidades sociais e culturais.
  • Capacidade de lidar com diferentes situações.

Em projetos de STEAM, os alunos começam a desenvolver essas habilidades de forma mais interativa e autônoma. Constroem, fazem protótipos, criam, solucionam problemas e interpretam suas próprias criações.

Importante: É dever da escola de hoje incentivar e treinar essas habilidades em seus alunos. Isso faz parte do que chamamos de Educação 4.0. Saiba mais sobre o assunto nesta publicação.

No TEDxBocaRaton realizado na Florida, Océane Boulais fala sobre a importância do STEAM nos dias de hoje. Confira:

 

Océane finaliza sua apresentação no TED com duas frases impactantes:

‘’STEAM empodera futuros. STEAM empodera alunos.’’

Novidades para o 2º semestre de 2018

Um grande lançamento da LEGO® Education, que trabalha as principais habilidades de STEAM, estará disponível em nosso portfólio no 2º semestre.

Chamado de STEAM Park, o conjunto tem por objetivo instigar a curiosidade natural que permeia as crianças da Educação Infantil (3 a 5 anos), possibilitando brincadeiras, construções, criações e investigações nos campos da Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática.

As possibilidades de construção com os 295 Blocos LEGO® são infinitas.

Usando a seleção especial de peças LEGO® DUPLO®, crianças podem construir um parque STEAM com diferentes ambientes, brinquedos, atrações dinâmicas, jogos divertidos e cenários.

Veja algumas imagens do Conjunto STEAM Park:

 

No STEAM Park, as crianças desenvolvem de forma colaborativa a compreensão de como funcionam as engrenagens, a mecânica do movimento, as unidades de medida, além de resolverem situações-problema de forma mais intuitiva e lúdica. O conjunto inclui engrenagens, trilhos, roldanas, barcos e figuras, que são usadas  para construção de  escorregadores, carrosséis e muito mais.

Com o STEAM Park, o professor trabalha os seguintes temas em suas atividades: 

  • Causa e efeito;
  • Observação e descrição;
  • Resolução de problemas;
  • Desenvolvimento da imaginação;
  • Criação de representações;
  • Encenação de papéis;
  • Colaboração;
  • Comunicação.

Dica: este conjunto pode ser o início do desenvolvimento das habilidades que o STEAM promove em sua escola! Que tal? 

Vale destacar que a metodologia deve ser incentivada em todos os anos escolares. 🙂 

por | 16 / fev / 18 | Inovação e Tendências

Gostou de conhecer mais sobre o STEAM? Falaremos sobre esta e outras metodologias na edição Embaixadores da Inovação Maker. Participe!